Berlin, Isaiah

Foi seguramente um dos grandes pensadores do século XX. Nasceu em Riga, capital da Letónia, a 6 de Junho de 1909,
e faleceu em Londres, a 5 de Novembro de 1997. Em 1915, foi com os pais viver para Petrogrado (a cidade de S. Petersburgo
havia sido rebaptizada em 1914), onde viria a ser testemunha quer da revolução de Fevereiro, quer da revolução de Outubro em
1917. Em 1919, a família decidiu partir para Inglaterra. Um curso brilhante (frequentou a St. Paul’s School e a Corpus Christi
College, em Oxford) proporcionar-lhe-ia o acesso a uma cátedra nessa mesma Universidade em Oxoford, onde foi sucessivamente
Fellow of All Souls, Fellow of New College, Professor de Teoria Social e Política e primeiro Presidente do
Wolfson College. Publicou os seus primeiros trabalhos em 1937 e, desde então, apenas a guerra o obrigou a interromper a
publicação de uma série impressionante de artigos, ensaios e conferências, agrupados numa dezena de obras, de entre as quais
se destacam Four Essays on Liberty (1969), Russain Thinkers (1978), Against the Current: Essay in the History
of Ideas
(1979), The Crooked Timber of Humanity (1990) e The Sense of Reality (1996). Entre 1974 e 1978 foi
presidente da British Academy. É hoje considerado o mais eminente estudioso da história das ideias no Ocidente. Recebeu, nessa
qualidade, os prémios Erasmo, Lippincott e Agnelli. Pela sua incansável defesa das liberdades cívicas, foi-lhe também
atribuído o prémio Jerusalém.

...................................................................................................

 A Apoteose da Vontade Romântica
 A Busca do Ideal